Como reformar móveis em apenas 5 passos

Como reformar móveis em apenas 5 passos

Categoria: Reforma e construção
Tempo de leitura:

Que tal dar uma repaginada naquele criado mudo ou naquela mesinha de centro antiga que você tem em casa? Preparamos este conteúdo para ensinar você como reformar móveis em apenas 5 passos. Confira!

Homem com pincel pintando cadeira

Geralmente esses móveis são feitos de compensado ou MDF revestidos com aquele acabamento laminado, brilhante. Sendo assim, a melhor maneira de repaginá-los é pintando. Afinal, o resultado é imediato e seguindo o nosso passo a passo você mesmo pode fazer. 

Você vai precisar de:

  • Lixa ou lixadeira;
  • Luvas;
  • Pano de limpeza seco;
  • Tinta para fazer a base;
  • Tinta Acrílica ou Spray;
  • Pincel;
  • Rolo de pintura.

Passo a passo: como reformar móveis

1.Prepare o móvel para reforma

A primeira coisa que você deve fazer para reformar móveis é preparar a peça. Seja de MDF, compensado ou outros tipos de madeira, o passo um sempre vai ser lixar. Quanto mais rústica for a madeira, mais você deve lixar, pois a lixa serve para tirar as farpas e deixar a superfície uniforme. 

Homem com lixa na mão para reformar móveis

Ainda que os móveis em MDF já tenham uma superfície lisa é preciso lixar para não comprometer a pintura, pois a parte lisa de verniz ou do revestimento atrapalha a fixação da tinta nova. Então, para garantir que a sua reforma deixe o móvel com cara de novo, só pare de lixar a peça quando ela estiver bem fosca e siga para o próximo passo.

Remova o pó e prepare o ambiente

Com um pano seco, remova todo o pó da superfície do móvel. Essa limpeza irá garantir que depois de pintado seu móvel fique com cara de que acabou de chegar da loja. Em seguida, cubra o chão com jornal para evitar pingos de tinta no chão e garanta que o espaço seja aberto ou ventilado para começar a pintar.

Pano seco para remover o pó da superfície do móvel

3.Passe uma tinta base

De modo geral, para ter uma pintura duradoura, é preciso passar uma tinta base para a pintura. Esse procedimento ajuda a diminuir a quantidade de mãos necessárias para conseguir um resultado bonito e previne futuros descascamentos no seu móvel. Lembre-se de usar a tinta de base da mesma marca da tinta colorida, porque sendo usadas juntas o resultado tende a ser melhor do que misturar marcas diferentes.

Mulher com pincel pintando a cadeira

4.Escolha a tinta de sua cor preferida e mãos à obra

Antes de escolher a tinta, considere o lugar que você vai deixar o móvel. Por exemplo, se o móvel for para área de festas (ambiente externo), utilize a tinta esmalte sintético a base de óleo (com rolinho ou tinta em spray). Já se a peça vai ficar no seu quarto (ambiente interno), você pode escolher tanto a tinta esmalte sintético como a tinta acrílica, pois dentro de casa não requer tanto cuidado.

5.Passe quantas demãos forem necessárias

O último passo para reformar seus móveis é dar duas ou três mãos de tinta sem pressa, para que a cobertura fique boa. Também é muito importante deixar a tinta secar entre uma e outra demão e seguir as instruções do fabricante.

Mulher pintando móvel

Em peças pequenas ou com muitos detalhes, tinta spray pode ser a sua melhor escolha. Mas se você optar pela tinta acrílica ou o esmalte na hora de reformar seus móveis, vale comprar uma embalagem menor para teste, juntamente com o verniz para dar aquele acabamento na madeira. Para todos esses casos, passe antes na Milium, que tem tudo o que você precisa para reformar seus móveis e a sua casa inteira.

Gostou? Encontre uma Milium mais próxima a você!