3 dicas para estimular a autoconfiança nas crianças

3 dicas para estimular a autoconfiança nas crianças

Categoria: Aprovação
Tempo de leitura:

Para que uma criança cresça de forma saudável e bem preparada para enfrentar os desafios da adolescência e da idade adulta, é necessário que desde cedo a sua autoconfiança seja trabalhada e estimulada. Este é um fator determinante para o sucesso futuro e a sua qualidade de vida.

Com a autoconfiança em alta, a criança terá capacidade de socializar com outras crianças, se adaptar a diferentes contextos e ter uma reação positiva frente a situações negativas e de dor.

A autoconfiança é fundamental para desenvolver a capacidade de enfrentar e superar os medos, de experimentar o novo e de conhecer e ter segurança com nossos próprios potenciais.

Se tudo isso é um desafio na nossa vida de adulto, imagine na vida de uma criança.

Obviamente quando falamos em autoconfiança, devemos ter em mente as características individuais de cada indivíduo, no entanto, isso também é resultado das relações que conseguimos estabelecer desde a infância com nossos pais.

Por isso, começar desde cedo a desenvolver a autoestima e a autoconfiança da criança é fundamental para que o desenvolvimento seja saudável e para que ao crescer, se tornem adultos conscientes.

Pensando nisso, este artigo traz 3 dicas para ajudar você a estimular a autoconfiança do seu filho. Aproveite a leitura.

1 – Demonstre interesse pelas suas atividades

Algo muito útil para o aumento da autoconfiança é incentivar a criança a falar sobre o seu dia. A partir do momento que você demonstra interesse pelas atividades da criança ela se sente especial e percebe que o que ela faz também é importante para os outros. Algumas vezes os pais pensam que seus filhos são pequenos demais para terem acesso a este tipo de sensação e acabam não perguntando como foi o dia deles. Com o passar do tempo os pais se habituam a não perguntar. Então, para não cair nesta armadilha, comece desde cedo esse diálogo. E você pode ter certeza, independentemente da idade da criança, ela está absorvendo e processando estes sentimentos.

Também é importante que os pais perguntem como a criança se sentiu fazendo determinada atividade. Isso a ajuda a entender melhor e processar seus sentimentos.

Dê valor ao que ela fala e faça elogios. Isso é uma maneira de se aproximar do seu filho.

Poucas coisas são piores para uma criança do que ela tentar se aproximar dos seus pais e não obter atenção ou não receber o devido valor.

2 –Dê espaço para que ela consiga experimentar novas atividades

Todo pai tem aquela insegurança quando o assunto é deixar os filhos experimentarem novas experiências, ou atividades que exijam ao máximo suas potencialidades.

Seja por medo, insegurança, receio de sobrecarregar a criança, entre tantos outros motivos, por vezes acabamos privando a criança de vivenciar tudo que é necessário para uma vida saudável e autoconfiante.

Ao invés de pensar mil coisas negativas, incentive a criança a realizar atividades e ter suas próprias experiências. Isso vai ajudar no seu crescimento, desenvolvimento e na exploração de potencialidades, logo, na autoconfiança.

3 – Elogie suas conquistas

Este é um ponto muito importante no desenvolvimento infantil. A criança deve ser sempre elogiada de acordo com seus esforços e resultados. Ela deve entender e aprender sobre os benefícios das suas ações, tanto para ela, quanto para as pessoas ao seu redor.

Basicamente você vai estar fazendo um exercício de reforço positivo com a criança! Dando um elogio juntamente com um afeto, por exemplo, a criança vai associar que teve uma boa atitude, ou que fez um bom trabalho.

E tudo isso vai a incentivar a continuar nesse caminho das próximas vezes que for realizar atividades ou estiver prestes a conquistar algo.

Gostou? Encontre uma Milium mais próxima a você!